fbpx
ulectomia

Ulectomia: O que é e como funciona?

O processo de crescimento dentário é algo natural e deve acontecer normalmente tanto quando se trata de dentes de leite, como da dentição permanente.

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player!

No entanto, existem alguns casos em que surgem empecilhos e obstruções que impedem o crescimento dentário, em casos assim, é necessário a realização de uma ulectomia ou ulotomia.

Ao sentir incômodo durante o processo de crescimento e nascimento dos dentes, recomenda-se uma visita ao dentista, pois somente o mesmo poderá fazer o diagnóstico e alertar para a realização do procedimento de ulectomia ou de ulotomia.

A avaliação do dentista irá definir qual procedimento melhor se adequa ao caso do paciente.

Economize com dentista! Faça um plano odontológico pagando a partir de R$ 24,93 e tenha acesso a mais de 28mil dentistas no Brasil!


O que é a Ulectomia?

ulectomia

A ulectomia é um procedimento cirúrgico simples e, consideravelmente, rápido, realizado pelo dentista em ocasiões em que não ocorre a erupção dentária de forma espontânea.

Além disso, o procedimento cirúrgico pode ser realizado também quando a erupção dentária não pode ser completada pelo acumulo de tecidos na região onde o dente deveria terminar de despontar.

Através da ulectomia, objetiva-se retirar os tecidos que cobre a região oclusal ou incisal da coroa dentária, isto é, retira-se os tecidos que estão impedindo a erupção, ou crescimento, do dente.

Desse modo, após a realização da ulotomia, o espaço fica livre para que o dente nasça/cresça e ocupe seu lugar devido na arcada dentária.

Indicações para a ulectomia

A ulectomia pode ser indicada em alguns casos que precisam ser diagnosticados pelo dentista.

O diagnóstico poderá se dar após a realização de exame clínico e radiográfico.

No geral, a ulotomiaé indicada quando:

  • A erupção do dente estiver lenta;
  • Houver trauma ocorrendo fibrose na gengiva;
  • Apresentar cisto/hematoma de erupção;
  • O dente estiver parcialmente erupcionado.

O procedimento é comumente indicado também em casos de prevenção da pericoronarite, muito comum na região do dente siso.

Como funciona a Ulectomia?

O procedimento cirúrgico, como salientado, é bastante simples e rápido, além do mais não deve causar desconforto ao paciente.

A cirurgia da ulectomia segue os seguintes passos:

  • Antissepsia intra oral;
  • Anestésico tópico;
  • Anestesia local infiltrativa;
  • Incisão circunferencial com bisturi em todo o capuz;
  • Remoção do tecido gengival e exposição do dente;
  • Não é feito sutura;
  • Irrigação local com soro fisiológico;
  • Tamponamento com gaze;
  • Prescrição de medicação analgésica;
  • Retorno em sete dias para a reavaliação.

Um ponto importante é que, após o diagnostico da necessidade de uma ulectomia o procedimento deve ser realizado sem adiamento para que não prejudique o crescimento do dente.

A ulectomia é um procedimento simples, rápido e totalmente indolor, além do mais, pode ser feito com bisturi normal ou a laser.

Pós-operatório da ulectomia

Além da fácil execução do procedimento de ulectomia há uma considerável rápida recuperação para o paciente.

No entanto, como em qualquer cirurgia, é necessários cuidados no pós-operatório, sobretudo no quesito de higienização bucal, bem como evitar alimentos duros para não machucar a já machucada gengiva.

O paciente deve atentar também para outras recomendações do dentista que ele achar pertinente seguir e também aos medicamentos prescritos.

Para a cirurgia de ulectomia ter sucesso absoluto não depende apenas do procedimento cirúrgico, mas também de um pós-operatório bom para que não surjam complicações e infecções.

Para ter uma maior comodidade na hora de realizar procedimentos odontológicos é sempre bom poder contar com planos odontológicos que cubram diversos procedimentos.

Portanto, os planos odontológicos podem gerar uma boa economia, mas também é importante que você analise as opções de planos e veja a cobertura deles para que possam cumprir com suas expectativas e necessidades.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *