Cuidados com os DentesPlanos OdontológicosTodos os Posts

Redução Incruenta: o que é e como funciona?

Nos últimos tempo o trauma facial tem apresentado bastante incidência, uma das incidências que mais se sobressaem decorre de acidentes automobilísticos. É, neste cenário, que surgem cirurgias odontológicas, como a de redução incruenta, que objetivam tratar estes traumas.

A redução incruenta, tal como a redução cruenta, é um procedimento cirúrgico utilizado para tratamento de fraturas mandibulares, contudo, são técnicas diferentes.

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player!

Desse modo, após o diagnóstico das fraturas mandibulares, que deve definir a natureza, localização, número de fraturas, bem como a direção e os possíveis tipos de complicações, auxiliará o rumo e a forma em que o tratamento de redução será direcionado.

Economize com dentista! Faça um plano odontológico pagando a partir de R$ 24,93 e tenha acesso a mais de 28mil dentistas no Brasil!


O que é a redução incruenta?  

redução incruenta

A redução é um procedimento operatório que objetiva realocar os fragmentos após uma fratura, no caso da redução incruenta ocorre quando não há a exposição da fratura.

Em outras palavras, a redução incruenta consiste em reduzir o alvéolo por meio da manobra bidigital, sem exposição dos fragmentos ósseos fraturados, isso é, trata-se de uma cirurgia fechada.

Nesse procedimento, o cirurgião faz a manipulação e a tração do osso sob a pele, até que a fratura fique na posição correta.

Indicação de redução incruenta

O tratamento de redução incruenta é, geralmente, indicado quando não há deslocamento ou quando o mesmo pode ser eliminado, dentro de padrões acetáveis, através de um bloqueio bi-maxilo-mandibular.

Além do mais, esse procedimento é comumente recomendada para casos de fraturas unilaterais.

Após o trauma e a fratura mandibular, ao buscar um profissional especializado o mesmo observará o caso e fará a indicação para o melhor procedimento.

Caso a fratura mandibular dê respaldo para a redução incruenta, os preparativos serão tomados para a realização do procedimento.

Vantagens de realizar o procedimento

Uma das maiores vantagens do procedimento de redução incruenta é que, com esta técnica, elimina-se o bloqueio intermaxilar.

O bloqueio intermaxilar, apesar de eficaz em muitas ocasiões, pode se tornar bastante incomodo tanto nos momentos da alimentação, quando para a higienização bucal.

Por conta disso, a redução incruenta, proporciona um conforto bem maior ao paciente, gerando melhores condições tanta para a alimentação, quando para a própria higienização da boca.

Contudo, em alguns casos de redução incruenta, pode ser necessário a utilização do bloqueio intermaxilar para reduzir a mobilidade e ter uma maior eficácia nos resultados do procedimento cirúrgico.

Como funciona o procedimento?  

Após o trauma na mandíbula o paciente é encaminhado para uma equipe cirúrgica de traumatologia buco-maxilo-facial para o tratamento necessário.

O trauma mandibular e o quadro clínico são avaliados após os exames radiográficos, isto é, são feitos os exames pré-operatórios necessários, e após a decisão do procedimento, o paciente é levado ao centro cirúrgico.

Optado pela redução incruenta é necessária uma programação para o procedimento e dos aparatos que serão necessários para a realização da mesma.

Esse procedimento pode ser feito sob anestesia geral e intubação, além do mais após o procedimento cirúrgico deve haver uma manutenção e acompanhamento no pós-cirúrgico, e optando-se pela imobilização, deverá ser feito a remoção do aparato.

Pós-operatório do procedimento de redução cruenta

No pós-operatório da redução incruenta podem ser prescritos antibióticos, anti-inflamatórios e até corticoides.

O acompanhamento é necessário para ver como o paciente está reagindo ao procedimento e, alguns cuidados a mais também são prescritos como alimentação, higienização bucal, entre outros.

Após todo o pós-operatório, novos exames radiográficos são, comumente, realizados para ter um acompanhamento sequencial dos resultados.

O processo de uma redução cruenta pode se tornar uma verdadeira dor de cabeça para pessoas que não tem cobertura de planos odontológicos.

Portanto, a cada dia os planos odontológicos se tornam indispensáveis para que dar uma maior e melhor comodidade e aparato nas necessidades do paciente.

Avalie as opções de planos e atente-se para o que o mesmo cobre em procedimentos para que ele corresponda às suas necessidades.

Mostrar mais

Alexandre Putrick

Alexandre Putrick é especialista em produção de conteúdos focados na área de saúde bucal e é autor no Blog Minha Saúde Bucal. Possui centenas de conteúdos publicados em diversos portais, atuando hoje com foco no Blog Minha Saúde Bucal. Atualmente, produz conteúdos focados em auxiliar os leitores em cima de problemas odontológicos, mau hálito, dor de dente, tratamento de canal, gengiva, implantes, próteses, tratamento de canal e outros. Também é autor do BlogSaude.net.

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar