fbpx
qual remédio para dor de dente

Qual remédio para dor de dente devo tomar?

São inúmeros os motivos que as pessoas podem sentir dores nos dentes. Aproximadamente 25% da população, entre crianças e adultos, sofrem de dor de dente. Saiba qual remédio para dor de dente dever ser utilizado em caso de dor.

  •     Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player!

A dor de dente pode ser causada por vários fatores, desde de traumas até à sensibilidade, que podem ser devido a modificação de mineralização nos dentes.

As cáries e a mal higiene bucal são os fatores que mais causam dores e problemas na saúde da boca. Lembre-se que a saúde dos dentes é importante como qualquer outra parte do corpo.

Economize com dentista! Faça um plano odontológico pagando a partir de R$ 24,93 e tenha acesso a mais de 28mil dentistas no Brasil!


Qual remédio para dor de dente é indicado por dentistas?

qual remédio para dor de dente

Há um remédio e tratamento para cada tipo de problema nos dentes. Especialistas, como odontologista, podem indicar com precisão qual será necessário para cuidar da dor de dente.

  • Paracetamol e Dipirona, entram no rol de remédios analgésicos que tem em sua estrutura propriedades que auxiliam no alívio das dores de dentes que são consideradas moderadas.
  • Ibuprofeno, Aspirina e Naproxeno são anti-inflamatórios que ajudam na redução de dor e inflamação na gengiva e onde o dente se encontra dolorido, sendo assim, são mais utilizados em dores constantes.
  • Xilocaína e benzoxaína, são remédios anestésicos locais, são pomadas que possuem como objetivo anestesiar os nervos dos dentes e assim causam alívio imediato da dor.

Tudo irá depender da sua dor e do caso em que seu dente se encaixa, por isso, um dentista deve ser consultado, pois algumas dores podem ser sintomas de problemas maiores que são solucionados com outros tratamentos.

Efeitos colaterais podem ser provocados com o uso de medicamentos sem uma dosagem e horário de uso correta, há remédios que algumas pacientes não podem usar, desta forma, consultar um médico é fundamental.

Quando devo visitar um dentista?

Visitar o dentista com frequência é essencial, pois com o acompanhamento de um profissional, alguns problemas podem ser evitados antes de se tornarem situações graves.

Febre devido a dores de dente, desenvolvimento de infecções, inchaço, alteração no paladar e vermelhidão, dores que duram mais de 48 horas e dificuldade para engolir são motivos para fazer uma consulta.

É necessária muita atenção em casos como esses citados, pois eles podem se agravar. Em situações em que o tratamento é feito de forma inadequada podem causar infecções generalizadas e o paciente pode ser internado.

Quando é necessário que o paciente passe pelo internamento, apenas antibióticos na veiam podem ajudar no tratamento.

Quais remédios caseiros podem ser feitos para dor de dente?

Há uma série de remédios caseiros que ajudam no alívio de dores de dentes, entretanto, esses tratamentos nem sempre irão alcançar o objetivo desejado, pois eles não servem para todas as dores.

Bochecho com água quente e sal, aplicação de extrato de baunilha, cebola crua sobre o dente, mastigação de alho, aplicar o cravo moído misturado com azeite e folhas de losna são algumas opções caseiras para quem sente dor de dente.

De acordo com especialistas a água quente com sal pode ajudar, assim como a água fria, mas em certas situações pode agir de maneira contrária a que se deseja.

Muitas pessoas indicam o uso de água oxigenada para aliviar dor de dente, mas é um procedimento perigoso e que não deve ser feito, a menos que algum especialista sério indique tal remédio.

Atente-se!

Muitas pessoas deixam a saúde dos dentes de lado, mas ela é importante. Algumas dores podem causar complicações sérias, desta maneira, cuide bem da saúde bucal.

Visitar um dentista e deixar que ele indique qual remédio para dor de dente é necessário e fundamental.

Conhecia esses remédios e métodos para aliviar dor de dente? Compartilhe com seus amigos e familiares!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *