sintomas da gengivite

Quais os sintomas da gengivite?

Quais os sintomas da gengivite? Alguns problemas bucais podem evoluir para quadros mais graves e que exigem um tratamento mais difícil. Tal é o caso dos primeiro sintomas de gengivite.

  •     Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player!

Ainda que possa ser o primeiro estágio de transtornos mais graves, muitos ainda não conhecem as primeiras manifestações dessa condição. Há ainda aqueles que não dão a atenção devida à gengivite.

Por esse motivo, resolvemos apresentar um conteúdo ressaltando a importância de se oferecer um tratamento adequado para essa condição. A seguir, explicamos o que é a gengivite e como ela se manifesta. Confira!

Economize com dentista! Faça um plano odontológico pagando a partir de R$ 24,93 e tenha acesso a mais de 28mil dentistas no Brasil!


Antes de saber os sintomas: O que é e quais as causas da gengivite?

sintomas da gengivite

De maneira geral, podemos definir esse problema como uma inflamação que acomete a gengiva.

Essa inflamação nada mais é do que o primeiro estágio da doença periodontal, sendo também o que exige o tratamento mais simples. Caso não seja tratada, essa inflamação pode chegar ao osso alveolar e comprometê-lo.

A gravidade do problema está no fato de ser esse o osso que serve de sustentáculo aos dentes. Isso pode fazer com que os dentes fiquem moles e venham a cair em seguida.

Trata-se de um problema bastante comum. De acordo com pesquisas da Organização Mundial da Saúde, um a cada 4 adultos tem algum nível de gengivite.

A principal causa desse problema é a placa bacteriana ou biofilme dental. Esta consiste em uma camada de microrganismos que aderem à superfície das gengivas e dos dentes.

Essa placa tem um aspecto viscoso e incolor. Ademais, tende a ocorrer em pessoas que não costumam ter uma higienização bucal adequada.

As bactérias que constituem o biofilme podem levar infecções não somente para gengivas, mas também para o tecido situado sob elas.

Para prevenir esse problema, é fundamental que se realize diariamente uma higiene bucal adequada.

A escovação deve ser acompanhada do uso do fio dental e de líquidos enxaguatórios.

Não se deve esquecer das visitas periódicas ao dentista, visto que é com esse profissional que se poderá realizar procedimentos de limpeza e profiláticos.

Sobre os sintomas

Dores na gengiva

Um dos sintomas mais comuns desse problema é a ocorrência de gengivas doloridas.

Se a dor que afeta a área passar a comprometer a mastigação, então é possível que se tenha um quadro de infecção.

Inchaço

As gengivas podem ser tornar inchadas, o que é possível verificar de modo mais preciso após a escovação.

Sangue durante a higienização

Em casos de gengivite, é comum que a gengiva sangre durante a escovação ou quando se passa o fio dental.

Retração da gengiva

Pode ocorrer ainda a retração da gengiva, o que permite a exposição das raízes dos dentes.

Essa condição faz com que as partes inferiores dos dentes se tornem mais visíveis. Tal concorre para o aumento da sensibilidade na região afetada.

Vermelhidão

Gengivas vermelhas em excesso podem indicar a ocorrência da gengivite. A coloração normal das gengivas é um tom rosa claro.

Por esse motivo, deve-se atentar para mudança de aspecto e de cor da gengiva saudável. É importante ainda que se tenha em mente que a cor pode variar a depender de cada pessoa.

Halitose

O mau hálito é um sintoma de muitos problemas e um dos mais comuns deles é a gengivite.

Isso porque o excesso de placa propicia a criação de substâncias produtoras de odores fortes. Entre essas substâncias podemos indicar o ácido lático.

Prevenir e tratar sem demora para evitar complicações

À vista do que foi dito, pode-se afirmar que tratar a gengivite é fundamental para que se evite maiores transtornos, como a periodontite.

Para tal, basta ter manter uma boa saúde bucal e visitar o dentista com regularidade. Dessa forma, é possível se precaver contra os sintomas da gengivite.

E você, já sabia quais eram os sintomas da gengivite e o quanto ela pode se tornar grave se não for tratada? Comente!