AparelhoClareamentoCuidados com os DentesGengivaMau HálitoRemédiosSensibilidadeTodos os PostsTudo Sobre Dor de Dente

Dente siso nascendo: o que fazer?

Uma das urgências mais comuns e que geram mais queixas entre pacientes de clínicas odontológicas é o dente siso nascendo. Isso porque, ao surgirem, tais dentes causam muitos incômodos e dores.

  •     Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player!

De fato, na quase totalidade dos casos, esses dentes nascem em lugares e posições inadequadas na boca, gerando transtornos para aqueles que os têm. Assim, faz-se necessária a procura por ajuda especializada.

Nesse sentido, com o intuito de tratar o assunto de maneira mais aprofundada, apresentamos formas de lidar com essa situação de maneira a tratá-la adequadamente. Confira!

Economize com dentista! Faça um plano odontológico pagando a partir de R$ 24,93 e tenha acesso a mais de 28mil dentistas no Brasil!


DENTE SISO NASCENDO: O PORQUÊ DOS TRANSTORNOS

dente siso nascendo

Antes de qualquer coisa, é necessário que se faça um esclarecimento acerca do que é o siso e o porquê de ele causar tantos transtornos.

Nesse sentido, deve-se dizer que o dente siso é o último dente a nascer na boca. Seu aparecimento ocorre entre os 17 e 21 anos de idade. No entanto, pode vir a aparecer também em adultos com cerca de 30 anos.

Em geral, esse dente tende a nascer de três formas. Ele pode surgir em uma posição horizontal, o que torna seu local na boca inadequado. Dessa forma, ele pode gerar pressões sobre outros dentes, danificando-os.

De outra forma, ele pode nascer em um local onde não há espaço insuficiente na arcada dentária.

Há ainda a possibilidade de o dente não nascer por completo. Nessas situações, cria-se o capuz gengival, que consiste em uma formação de tecido mole que encobre o dente.

Em todos esses casos, tem-se que os locais em que nasce o dente siso são mais propícios a acumular sujeira. Isso porque essas regiões não são facilmente alcançadas por escovas de dente ou fios dentais.

Dessa forma, problemas como cáries podem vir a surgir nesses dentes mais facilmente.

Ademais, a sujeira aí acumulada pode gerar mau hálito, haja vista que os restos de comida aí armazenados sofrem ação das bactérias presentes na boca. Tal situação pode causar gengivite.

PROCURAR AJUDA DE UM DENTISTA PARA RESOLVER O PROBLEMA

dente siso nascendo dentista.jpgdente siso nascendo dentista

Conforme já foi dito, ao nascer, esses dentes geram desconfortos, como dores, dificuldade em abrir a boca, edemas, entre outros.

Ademais, eles podem causar outros problemas, tais como dores no ouvido e dentes vizinhos e cefaleias.

Assim, em 90% dos casos, faz-se necessária a extração dos sisos, de modo que se evite complicações.

No entanto, para que se chegue a um diagnóstico correto, correlacionando os sintomas a sua causa real, é preciso que se consulte um dentista.

Assim, por meio de exames e radiografias o profissional qualificado poderá verificar se de fato é o dente siso a causa das dores e incômodos.

Atestando-se que tais transtornos são causados pelo nascimento do siso, o dentista pode optar por um tratamento conservador, acompanhando a evolução do quadro e indicando medicação.

Desse modo, ele pode receitar antibióticos para combater infecções ou anti-inflamatórios para aliviar os sintomas dos edemas. Ademais, analgésicos devem ser indicados para os casos em que houver dor.

Afora esses procedimentos, o dentista deve indicar a limpeza constante da região.

Economize com dentista! Faça um plano odontológico pagando a partir de R$ 24,93 e tenha acesso a mais de 28mil dentistas no Brasil!


A IMPORTÂNCIA DE UM PLANO ODONTOLÓGICO NESSA SITUAÇÃO

No entanto, realizar todo esse acompanhamento de maneira sistemática pode não ser viável economicamente se a única opção do paciente forem os serviços particulares.

De fato, a depender da clínica e do profissional, esses procedimentos podem gerar muitos problemas no orçamento da família.

Assim, para que se possa evita essas circunstâncias, o ideal é que se conte com um plano odontológico.

Desse modo, pode-se fazer todo o acompanhamento do siso, desde o seu nascimento até a sua extração.

Isso porque um plano permite que se tenha acesso a vários serviços com apenas o pagamento de uma mensalidade.

TENDO SISOS SEM MAIORES COMPLICAÇÕES

À vista disso, é possível concluir que o nascimento desses dentes pode não ser uma experiência tão dolorosa com um acompanhamento adequado. E tal pode ser adquirido por meio da cobertura de um plano.

De fato, ter um dente siso nascendo exige cuidados para que não se tenha complicações mais graves.

E você, como conseguiu lidar com o nascimento de seus sisos? Tem alguma dica de como resolver o problema de forma efetiva? Comente!

Mostrar mais

Edson Valle Iancoski

Com mais de 10 anos de experiência na produção de conteúdo com foco na área de saúde Bucal, é o redator chefe do blog Minha Saúde Bucal. Possui atualmente centenas de conteúdos postados em diversos portais, como Exame, Veja, Infomoney, Agência o Globo e outros. No Blog Minha Saúde Bucal trabalha produzindo conteúdos focados em problemas bucais, como dor de dente, tratamento de canal, remédios para dor de dente, remédios para gengiva, tártaro, entre outros. Também produz conteúdos falando sobre estética, envolvendo implantes, clareamento, aparelho ortodôntico e outros. Também é autor do BlogSaude.net.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar