dente podre

Dentes podres: veja os tratamentos possíveis!

Quando os dentes estão estragados, normalmente, o paciente chega dizendo que está com dente podre. O problema é que muitas pessoas possuem dificuldade em identificar se o dente está ou não realmente podre. E foi pensando nisso que preparamos esse artigo. Abaixo você vai conferir mais detalhes sobre dentes podres e como resolver o problema.

  •     Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player!
Economize com dentista! Faça um plano odontológico pagando a partir de R$ 24,93 e tenha acesso a mais de 28mil dentistas no Brasil!


O que é um dente podre?

Um dente podre é aquele que possui problemas que não tem como serem solucionados ou que a solução teria uma durabilidade pequena, como por exemplo:

• Dentes com perdas ósseas grandes. Nesse caso, não há mais suporte para que ele fique firme enquanto o indivíduo mastiga;

• Dentes em que a cárie está no nível das raízes e por conta disso elas não conseguem servir de apoio para uma coroa;

• Dentes com restaurações extensas ou trabalhos protéticos que fraturem em um local onde o médico não tem como ter acesso para fazer a recuperação.

Dito isso, o paciente precisa ter consciência que somente um profissional especializado na área que consegue saber se existe um dente podre ou não. Por vezes, dentes cariados que possuem uma mancha escura, ainda possuem o suporte necessário.

É comum também que pacientes cheguem nos consultórios e digam que possuem um dente podre, que querem arrancá-los. Porém, quando o dentista olha, o dente, mesmo com os problemas, consegue ser recuperado.

Vale ressaltar ainda que o paciente pode dizer que está com o dente podre quando sente dor, mau gosto ou mau hálito, com algum dos problemas abaixo:

• Cárie dentária;

• Resto da raiz do dente;

• Dente quebrado;

• Dente furado que fica com comida na hora da alimentação;

• Dente que precisa de um canal;

• Inflamação na gengiva;

• Abcesso no dente;

• Mobilidade dental causada por doença periodontal;

• Bolha na gengiva ou no pé do dente.

Tratamentos possíveis para dente podre

Se o dente tiver podre, mas a estrutura dentária ainda der para tratar, então algum dos procedimentos abaixo pode ser realizado:

Restauração

O dente é refeito com uma resina, a forma e anatomia é completada, permitindo que ele volte a ter sua função original.

Restauração inlay

Essas são restaurações estéticas. Podem ser realizadas em cerâmica ou resinas e podem ser sem ou com recobrimento das cúspides dos dentes.

Coroas

Quando você sorrir, o que aparece é chamado de coroa do dente. As coroas podem ser traduzidas como uma cópia do dente natural. Podem ser feitas em dissilicato de lítio, cerâmica ou zircônia.

Coroas com núcleo

Se sobrar apenas a raiz no dente, porém, com uma boa estrutura, um pino é feito para que seja preso dentro da raiz. Sobre esse pino será colocado uma coroa.

E o que acontece com um dente podre que não pode ser mantido?

Quando o dente podre não tem solução, ele precisa ser extraído. Quando isso ocorre, um implante dentário pode ser realizado e sobre esse implante ser colocado uma coroa, como especificado anteriormente.

Mas, para que isso não ocorra, a melhor solução é evitar que o dente fique podre. Pode parecer algo bobo, mas muitas pessoas não sabem o que fazer para evitar que isso ocorra. E é bem simples evitar.

Basta que uma boa higienização seja realizada. Nossos dentes precisam ser escovados, pelo menos, três vezes ao dia, sempre após as refeições principais. Além disso, também é importante que você não fique usando escovas velhas. A troca deve ser realizada de forma regular.

Não esqueça também de usar o enxaguante bucal e o fio dental. A escova nem sempre alcança todos os pontos do dente e por isso, esses dois elementos se fazem necessários. Cuidando da saúde dos seus dentes, você terá dentes saudáveis e não precisará passar por procedimentos no dentista.

Agora você já sabe o que é o dente podre, quais são as consequências e como tratar. Cuide da saúde dos seus dentes para mantê-los sempre saudáveis e você não terá problemas sérios na sua boca.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *