dente com canal dói

Dente com canal dói?

Uma das dúvidas mais recorrentes de quem precisa fazer um procedimento de canal é se um dente com canal dói. É comum a opinião de que se trata de um tratamento penoso que traz muitos transtornos para o paciente.

  •     Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player!

Mas essa não é bem a verdade. O tratamento de canal, quando realizado de maneira acertada, traz excelentes resultados e recuperação rápida. E isso com o mínimo de dor.

Para falar em mais detalhes acerca desse assunto, preparamos esse conteúdo exclusivo. Nele, apresentamos uma explicação sobre o tratamento e algumas outras orientações sobre ele. Confira!

Economize com dentista! Faça um plano odontológico pagando a partir de R$ 24,93 e tenha acesso a mais de 28mil dentistas no Brasil!


Antes de saber se dente com canal dói: No que consiste esse tratamento? Quais as causas que levam a ele?

dente com canal dói

Inicialmente, devemos explicar o que é e como funciona o procedimento de canal.

Em linhas gerais, podemos dizer que o objetivo dele é retirar a polpa afetada de um dente, com o objetivo fazer a vedação do canal. É assim que pode salvar um dente, sem ter que extraí-lo.

A polpa nada mais é do que um tecido mole que se encontra no centro do dente e é protegido por um tecido mais resistente chamado dentina.

Esse tecido chega à raiz dos dentes e é o responsável pela manutenção da vitalidade do dente.

Mas como a polpa pode ser afetada, se ela se encontra protegida? Na realidade, esse tecido é atingido quando as proteções que o recobrem são danificadas e permitem a entrada de agentes danosos.

Algumas condições específicas concorrem para que a polpa seja atingida. Entre elas, podemos indicar as cáries profundas e dentes rachados ou quebrados, seja em decorrência de desgastes, seja por traumas.

A dor sentida pelos pacientes que chegam ao consultório pode ser explicada pelo fato de a polpa infeccionada poder formar pus na ponta da raiz do dente.

A raiz está em conexão com o osso maxilar. Nessa região, forma-se então um abscesso, que pode destruir a estrutura óssea localizada na área do dente afetado.

Dentes que passam pelo tratamento de canal são doloridos?

A dor pode acontecer, mas trata-se de uma condição que pode durar não mais que três dias. Além do que, pode-se utilizar analgésicos receitados pelo dentista responsável para combatê-la.

Para que se evite mais dores no local tratado o paciente deve também tomar certos cuidados.

Isso porque a região que passa pelo procedimento pode ficar muito sensível por uns dias.

O dente é reconstituído, mas perde parte de sua composição. E essa circunstância o torna mais vulnerável. Por essa razão, deve-se evitar atividades onde possa haver riscos de trauma na região.

Outro fator que justifica essa recomendação diz respeito à natureza do procedimento, que lida diretamente com o nervo inflamado.

É esse o motivo que faz com o tratamento de canal seja um tanto mais dolorido do que outras condutas odontológicas.

Dessa forma, é fundamental que o paciente evite uma mastigação mais precisa na área onde foi realizada a operação, pelo menos durante a reabilitação.

Ainda que a dor seja uma condição normal após a realização do procedimento, o dentista responsável deve ser consultado caso ela persista.

Outros sintomas, como febre e inchaço, podem indicar condições que exijam novas avaliações e procedimentos. Nesses casos, a ação de bactérias na região tratada pode ser a causa desses males.

Tratamento de canal: Um procedimento necessário

Apesar de ser conhecido como uma conduta dolorosa, esse tratamento deve ser realizado. Caso o dente afetado não seja tratado, ele deverá ser extraído.

Ademais, viu-se que o dente com canal dói apenas nos primeiros dias, sendo possível atenuar o incômodo com a medicação prescrita pelo dentista.

E você, já passou por algum tratamento de canal? Tem alguma dica para aliviar a dor dos primeiros dias? Compartilhe com a gente!