fbpx
como saber se o dente precisa de canal

Como saber se o dente precisa de canal?

Ao sentir uma dor de dente ou outro tipo de incômodo, é comum que as pessoas procurem como saber se o dente precisa de canal. Essa dúvida advém do temor que esse procedimento causa na maioria dos pacientes.

  •     Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player!

Realmente, essa é uma das condutas odontológicas mais temidas. Mas esse medo é injustificado, haja a vista a recorrência do problema. Além do mais, trata-se de um procedimento seguro e rápido.

Na maioria dos casos, o medo é gerado pelo desconhecimento do problema e de suas causas. Pensando nisso, preparamos um conteúdo inteiramente dedicado ao assunto. Aproveite e tire suas dúvidas!

Economize com dentista! Faça um plano odontológico pagando a partir de R$ 24,93 e tenha acesso a mais de 28mil dentistas no Brasil!


Como saber se o dente precisa de canal: Entendendo o problema e o tratamento

como saber se o dente precisa de canal

O tratamento de canal é uma conduta aplicada quando há necessidade de se extrair a polpa infectada de um dente.

A polpa é um tecido mole que se situa no centro do dente, sendo protegido por outro tecido conhecido como dentina. Ela é responsável por manter um dente vivo.

Isso significa que quando há a restauração após o procedimento de canal, o dente é não tem mais vitalidade.

Esse processo é feito de muitas partes. Inicialmente, o profissional deve retirar a parte afetada. Em seguida, deve fazer a limpeza e a desinfecção da região comprometida.

Após ter esvaziado e limpado os canais, é necessário preencher os canais antes preenchidos com a polpa com material odontológico específico.

Dessa forma, é possível recuperar a função do dente, evitando que este seja extraído.

A depender da complexidade de cada caso, o procedimento pode ser feito em uma ou mais sessões.

Entre os fatores que contribui para tornar o tratamento mais ou menos complexo, tem-se a constituição dos canais, que podem ter formas e tamanhos diversos.

Para saber de algum problema que possa indicar a necessidade de um canal, é importante que se observe certos aspectos dos dentes.

Entre os aspectos a serem observados, podemos mencionar danos em cavidades, mudanças na coloração e as dores. Estas são o principal sintoma que pode indicar a necessidade de um tratamento de canal.

Sabendo se é preciso fazer canal

Entre as principais causas que podem levar à realização desse procedimento, podemos mencionar a existência de cárie profunda.

Esta age sobre o esmalte a dentina, corroendo-os. E é assim que consegue chegar até a polpa do dente e infeccioná-la.

No decorrer da ação da cárie profunda, a sensibilidade do dente aumenta de maneira significativa. Esta condição pode levar à pulpite, que consiste na ocorrência de dores agudas nos dentes com polpas afetadas.

O procedimento de canal também é necessário quando há a morte da polpa do dente.

Nesses casos, pode haver infecção, a qual deve ser tratada a fim de impedir o alastramento dessa condição.

Traumas dentais podem gerar situações onde se necessite da realização de canais.

Isso porque traumas podem eventualmente levar à morte da polpa. É importante que se verifique as cores dos dentes. Quando estes ficam escurecidos podem indicar essa condição.

Em outras situações, dentes trincados podem expor o nervo do dente, deixando-o desprotegido. Assim, ele fica mais vulnerável a agentes danosos.

Do mesmo modo, dentes que necessitem da aplicação de próteses fixas ou de um pino intracanal também estão mais sujeitos a sofrerem das causas que levam ao canal.

A importância de observar os dentes e fazer visitas ao dentista

Por tudo que foi dito, é muito importante que se observe sempre a condição dos dentes. Qualquer alteração significativa deve ser levada em consideração e exige atenção de um profissional.

Por isso, a pergunta “como saber se o dente precisa de canal?” só pode ser respondida adequadamente por um dentista. De preferência, após a realização e análise de um raio X.

E você, ainda tem muitas dúvidas em relação ao tratamento de canal? Já teve que passar por esse procedimento? Conte-nos!