Todos os Posts

Bolha de sangue na boca: Possíveis causas e como tratar?

É muito comum que dentistas se deparem com pacientes com bolha de sangue na boca. Esse transtorno é, na grande maioria dos casos, algo simples de ser tratado e uma situação sem nenhuma gravidade.

Está sem tempo de ler agora? Que tal ouvir o artigo? Experimente no player!

Todavia, em alguns casos se faz necessário descobrir as causas por trás do aparecimento dessas bolhas, de modo a tratá-las de maneira adequada. Em outras circunstâncias, faz-se necessária uma mudança de hábitos.

Para falar em mais detalhe acerca desse problema, explicamos o que pode causá-lo e como se pode tratá-lo a partir dessas mesmas causas. Para saber mais é só prosseguir na leitura!

Economize com dentista! Faça um plano odontológico pagando a partir de R$ 24,93 e tenha acesso a mais de 28mil dentistas no Brasil!


Quais são as causas da bolha de sangue na boca?

bolha de sangue na boca

Antes de qualquer coisa, é preciso explicar como surgem essas bolhas. Geralmente, elas aparecem após o rompimento de vasos sanguíneos pertencentes a tecidos situados abaixo da mucosa bucal.

Ainda que seu aparecimento possa se dar em qualquer parte do trato bucal, ela tende a acometer com mais frequência as bochechas, as gengivas e a língua.

Existem várias causas que podem estar por trás do surgimento das bolhas de sangue. A seguir, listamos algumas delas.

Angina bolhosa hemorrágica

Trata-se de uma afecção na qual há a ocorrência de bolhas causadas por pequenos traumas. Estes podem ser ocasionados por tratamentos dentários, mordidas acidentais ou uso abusivo de esteroides inaláveis.

Essa enfermidade costuma aparecer principalmente em pessoas mais velhas, as quais são mais suscetíveis. É muito comum também que se manifeste em diabéticos.

Ainda que dolorosas, as bolhas e feridas não representam um grande perigo. Na maioria dos casos, esses sintomas desaparecem sem a necessidade de tratamentos.

Úlceras na boca

Bolhas de sangue na boca podem surgir a partir de ferimentos abertos. Os fatores que mais comumente contribuem para a formação dessas bolhas nessa circunstância são a presença de microrganismos e alergias a remédios.

Poucas plaquetas

As plaquetas são responsáveis pelos processos de coagulação, os quais evitam os sangramentos ininterruptos. Por isso, sua redução pode aumentar as chances de formação de bolhas de sangue na boca.

Nutrição insuficiente

Uma alimentação inadequada ocasiona a falta de nutrientes fundamentais para processos de cicatrização e coagulação. Entre as vitaminas mais importantes para esse funcionamento, temos as vitaminas C e B12.

Os tratamentos para resolver o problema

Conforme já mencionamos, em alguns casos tratamentos para curar as bolhas de sangue na boca não são necessários, visto que elas costumam sarar com o tempo.

Nessas circunstâncias, pode-se adotar métodos para aliviar as dores e incômodos trazidos por essa afecção.

Entre as situações de bolhas que se curam sem a necessidade de tratamentos, temos a angina e as lesões acidentais.

Em todo caso, o mais recomendado é saber o que está causando o problema, haja vista que assim é possível tratá-lo adequadamente.

E, para que isso seja possível, é importante se consultar com um profissional que possa oferecer um diagnóstico preciso.

Nesse caso, a análise do ferimento e os exames devem ser feitos por um dentista.

Somente para exemplificar, esse profissional pode recomendar uma correção do posicionamento dos dentes a fim de prevenir que mais lesões por mordidas acidentais aconteçam.

Se as ulcerações forem advindas de alergias a medicamentos e alimentos, o dentista poderá receitar anti-histamínicos e antialérgicos.

Já as pessoas que apresentam quadros de baixa plaquetária devem se consultar com um clínico geral. Isso porque essa baixa pode ser um sintoma d dengue, havendo algumas contraindicações de medicamentos nesse caso.

Diagnósticos precisos para tratamentos mais adequados

A partir do que foi dito acima, podemos concluir que é de fundamental importância se consultar com um profissional a fim de obter um diagnóstico correto.

Dessa forma, pode-se tratar de maneira muito mais efetiva a bolha de sangue na boca.

E você, já se deparou com essa afecção? O que fez para tratá-la e aliviar os sintomas? Compartilhe conosco!

Mostrar mais

Alexandre Putrick

Alexandre Putrick é especialista em produção de conteúdos focados na área de saúde bucal e é autor no Blog Minha Saúde Bucal. Possui centenas de conteúdos publicados em diversos portais, atuando hoje com foco no Blog Minha Saúde Bucal. Atualmente, produz conteúdos focados em auxiliar os leitores em cima de problemas odontológicos, mau hálito, dor de dente, tratamento de canal, gengiva, implantes, próteses, tratamento de canal e outros. Também é autor do BlogSaude.net.

Artigos relacionados

Um Comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo
Fechar